Notícias do Vale do Paranhana.

Antes de encerrar as o trabalho parlamentar de 2018, os vereadores de Parobé aprovaram em sessão ordinária realizada na noite de ontem (18) o projeto que prevê o pagamento de abono salarial para professores e funcionários da Secretaria Municipal de Educação.

A proposta de número 075/2018, encaminhada pelo Executivo, determina que o pagamento seja distribuído aos servidores que fazem parte da folha de pagamento de forma igualitária no valor de R$ 350 no mês de dezembro.

O benefício será alcançado pelo titular de cada matrícula ativa na rede municipal de Educação e que não tiveram mais de 60 dias de licença saúde, mais de cinco dias de falta não justificada, e também mais de dez dias de licença assistência familiar e licença interesse. O texto também determina que o servidor também não pode ter permutado ou cedido estas licenças para outros municípios, além de não afastamento para concorrer a cargo eletivo ou cumprimento de mandato.

Para o presidente da Câmara, Moacir Jagucheski, a medida valoriza os servidores públicos que integram o quadro do município.

— Este foi um projeto muito importante, pois, apesar de não ser um valor maior, trata-se de valorizar do profissional de educação que se dedica diariamente em nossa rede de ensino — comentou.

Os recursos para o pagamento das despesas contidas no artigo 1° são oriundos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e de Valorização dos Profissionais da Educação.

Com o fim das atividades parlamentares, o Legislativo Parobeense fecha o ano com mais de 100 projetos avaliados pelas Comissões Permanentes e aprovados em Plenário. Apenas uma proposta foi rejeitada pelos vereadores neste ano, sendo a que tratava sobre o uso de garrafas de vidro na área central do município. As sessões ordinárias retornam no dia 05 de fevereiro.