Notícias do Vale do Paranhana.

Garantir a qualidade dos couros utilizados na produção de seus calçados faz parte da missão Usaflex, garante a marca.

A indústria calçadista localizada em Igrejinha assinou um Acordo de Cooperação com a Certificação de Sustentabilidade do Couro Brasileiro (CSCB), com o objetivo de estimular seus fornecedores de couro a participem e também serem reconhecidos pelo programa, que dissemina as melhores práticas no setor curtidor com base nos pilares sociedade, meio ambiente e economia. A cerimônia de assinatura ocorreu durante o Fórum CSCB de Sustentabilidade, no dia 7 de novembro, com a presença de Sergio Bocayuva, CEO da Usaflex.

Indústrias fornecedoras dos curtumes que integram a certificação CSCB dedicam-se ao aprimoramento de seu trabalho em questões como rastreabilidade da matéria-prima, bem-estar animal, redução de consumo de água e energia elétrica, controle de qualidade e saúde e segurança do trabalhador, entre outras. Com a assinatura do acordo, Usaflex assegura a seus clientes um movimento de incentivo para que todos os couros utilizados em sua produção sejam oriundos de curtumes que priorizem estes pontos e a sustentabilidade como um todo em seus processos produtivos.

Para Bocayuva, trata-se de um acordo que converge com os valores da empresa.

— A sustentabilidade é uma demanda nossa e de todos os nossos públicos, o que implica um olhar atento e amplo ao trabalho da cadeia produtiva integralmente — destaca.

A Usaflex é uma das maiores clientes do setor de couros do país. A maior parte de sua produção em calçados femininos e masculinos, além de bolsas e carteiras, é feita com esta matéria-prima, em que se destacam atributos como o conforto e apuro estético.

Além das 200 lojas franqueadas, a Usaflex possui produtos à venda em mais de 7.400 pontos em redes multimarcas. No mercado internacional, a marca já está presente com seus modelos confortáveis em 51 países, sendo que quatro deles já contam com 17 lojas licenciadas da grife.

A PARCERIA

Pelo acordo assinado entre CSCB e Usaflex, inicia-se um processo de incentivo para que curtumes fornecedores integrem a certificação, recebam o selo (de bronze a diamante ou aprimorem seu nível, com metas de tempo e possibilidade de plano de ação). Reuniões presenciais com todos os fornecedores de couro serão realizadas ao longo do semestre para dar detalhes sobre a iniciativa. No Brasil, além de Usaflex, Calçados Bibi e Arezzo&Co também têm acordos de parceria semelhantes com CSCB.

A CERTIFICAÇÃO

O curtume deve trabalhar no aprimoramento de seus processos sobre 173 indicadores a partir da norma ABNT NBR 16.296 (Couros – princípios, critérios e indicadores para produção sustentável). É necessário o atendimento, registro e continuidade de cada indicador e, com esta etapa concluída, o curtume pode solicitar auditoria de um organismo acreditado pelo Inmetro para a certificação. Há quatro níveis do selo:

– Bronze (para quem atender até 50% dos indicadores aplicáveis de cada uma das quatro dimensões da certificação)
– Prata (75%)
– Ouro (90%)
– Diamante (100%).

O CSCB

A Certificação de Sustentabilidade do Couro Brasileiro (CSCB) foi construída pela cadeia que integra a indústria de couros do país e é apoiada pelo projeto Brazilian Leather – uma iniciativa do CICB e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) para o incentivo à participação do couro do país no mercado externo. O CSCB promove e reconhece as melhores práticas dos curtumes no que tange resultados econômicos, redução de impacto ambiental e relações com colaboradores e comunidades.