Notícias do Vale do Paranhana.

Ainda sãocerca de 10 mil eleitores – de um total de 38.857 – sem biometria em Parobé. Ou seja: caso o fim do prazo fosse hoje, seriam mais de 11 mil pessoas inaptas a votar na eleição municipal de 2020, gerando grandes prejuízos tanto para os eleitores quanto para o município, uma vez que tamanho eleitorado pode afetar o resultado do pleito.

O Cadastro Biométrico (foto) é obrigatório para todos os eleitores, inclusive os cidadãos com mais de 70 anos ou pessoas com problemas de saúde. Para quem não tem condições de comparecer, um familiar deve procurar o Cartório Eleitoral de Taquara, tendo em mãos os documentos e atestados médicos que comprovem a incapacidade.

Os demais eleitores devem se dirigir à Câmara de Vereadores de Parobé até a data limite de 11 de dezembro, de segunda a quinta-feira, das 12h30 às 18h30 e nas sextas das 7h às 13h, sem fechar ao meio dia ou no Cartório Eleitoral de Taquara, de segunda a sexta-feira, das 11h às 18h.

O atendimento é por ordem de chegada. O agendamento de horário também pode ser feito neste link. Para realizar a Biometria, o eleitor deverá portar um documento com foto, o título antigo, se tiver, e um comprovante de residência em seu nome ou no nome de seus pais.

O tempo de espera é de no máximo 10 minutos.

COMPLICAÇÕES PARA QUEM NÃO FIZER A BIOMETRIA

A não realização do recadastramento irá resultar em título cancelado e repercutir em impeditivos como a confecção de passaporte, colação de grau em ensino superior, emissão de certidão de quitação (atualmente exigido na maioria das empresas para assinar a carteira de trabalho), entre outras complicações.