Notícias do Vale do Paranhana.

Em sessão extraordinária realizada na manhã deste sábado (21), a Câmara de Vereadores de Taquara aprovou lei que autoriza a contratação de uma nova empresa para administrar o Hospital Bom Jesus. A casa de saúde está fechada desde o dia 10 de março, fazendo com que os pacientes sejam encaminhados para as cidades vizinhas.

O Bom Jesus agora será administrado pela Associação Hospital Vila Nova, de Porto Alegre. A contratação da entidade, fundada em 1956 na zona Sul da Capital, tem o aval do Ministério Público Federal e Estadual, além da Secretaria Estadual da Saúde. O processo foi dispensado de licitação em virtude da urgência de uma resolução para o problema da falta de atendimento.

A associação vai receber o repasse de R$ 366 mil por mês do município. Conforme o presidente do Legislativo taquarense, Guido Mário Prass Filho, a aprovação da lei também autorização imediata por conta da pandemia de coronavírus. De acordo com ele, o hospital, assim que for reaberto, pode se tornar uma unidade de referência regional para os casos de coronavírus.

A casa de saúde conta com dez leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), que foram desativados antes mesmo do fechamento do Bom Jesus.

— Mas a prefeitura está tratando isso direto com a Vigilância do Estado, que já esteve aqui, e a UTI vai abrir de novo — comenta.

A partir de segunda-feira, a Associação Hospital Vila Nova poderá firmar contratos, fazer registro da empresa em novo endereço e entrevistar os ex-funcionários do hospital, a fim de selecionar quais profissionais poderão ser contratados.

No dia 11 de março, o prefeito Tito Lívio Jaeger Filho declarou que a intenção era reabrir o estabelecimento até a primeira quinzena de abril.

*Com informações do jornal NH