Notícias do Vale do Paranhana.

Um homem com antecedentes criminais por 15 homicídios foi preso pela Brigada Militar na noite de quarta-feira (13), em São Leopoldo, no Vale do Sinos. Ele estava com mandado de prisão preventiva por uma sequência de sete execuções apenas em Parobé, entre o final de 2017 e metade de 2018. As informações são da GaúchaZH.

Conforme o delegado Rafael Sauthier, ele normalmente executava as vítimas com tiros de fuzil e pistola. O criminoso foi indiciado pela execução de um taxista e do dono de uma oficina no ataque com mais de 40 tiros em maio de 2018. Também foi apontado como autor de um outro duplo homicídio e outras três execuções.

A suspeita da Polícia Civil é de que o preso seria o matador de uma facção criminosa que atua na região, Os Manos. O comparsa dele está preso desde de agosto de 2018.

O nome não foi divulgado pela Polícia Civil.