Notícias do Vale do Paranhana.

A organização do 33° Sonho de Natal adotou medidas de prevenção ao coronavírus, após uma recomendação do Ministério Público acerca de shows com a presença de público.

Além de transformar os espetáculos “Vida” e “A Fábrica de Sonhos” em shows virtuais, a secretaria de Turismo e Cultura de Canela realizou protocolos sanitários destinados a promover a segurança em saúde da comunidade e dos turistas durante o feriadão de Finados. Equipes realizaram a sanitização de espaços públicos. Além do entorno da Catedral de Pedra, as principais ruas, a praça João Corrêa e outros pontos foram devidamente higienizados.

Para evitar aglomerações, os artistas da trupe “Agentes de Saúde da Alegria” passaram orientações aos visitantes e distribuíram máscaras para as pessoas que circulavam sem o equipamento de proteção. Também foram projetadas imagens de conscientização na fachada da Catedral de Pedra, além de ampla comunicação visual e sonora no Centro. Totens de álcool em gel foram distribuídos em pontos estratégicos de Canela.

O secretário de Turismo e Cultura do município, Ângelo Sanches, destaca que o evento, que continua até 10 de janeiro, prioriza a saúde da população e dos turistas. Sanches recorda que Canela foi exemplo ao lançar um plano de retomada econômica e que recebeu certificação internacional de destino seguro.

— Nossas transmissões virtuais estão atingindo índices muito grandes de audiência. Em três dias, foram mais de 400 mil visualizações. Nossa decisão de suspender a programação na frente da Catedral prioriza a vida. No entanto, temos outras atrações que são realizadas sem aglomerações, como a Parada de Natal. Canela está decorada e os turistas que por aqui circulam o fazem em segurança — destaca o secretário.