Notícias do Vale do Paranhana.

O presidente do Sindicato de Saúde do Estado (SindiSaúde), João Roberto Menezes, disse ontem que vai entrar com uma representação no Ministério Público do Trabalho, denunciando irregularidades no Hospital de Caridade. Funcionários da instituição de saúde estão paralisados desde quarta-feira. Procurada pela reportagem do Paranhana On-line, a direção do hospital não foi encontrada.

Entre as supostas irregularidades que também devem ser encaminhadas para a Vigilância Sanitária estariam ausência de funcionários em cargos importantes e demissões sem rescisões. Na quarta-feira, a administradora do hospital, Ana Lopes, comentou que a comunidade está tendo os atendimentos normalmente, pois a maior parte dos funcionários não estavam integrando a manifestação. Segundo ela, 97% dos funcionários estavam trabalhando normalmente.