Notícias do Vale do Paranhana.

Seguindo o novo protocolo do Ministério da Saúde de testagem para coronavírus, o secretário municipal de Saúde, Vanderlei Petry, divulgou nesta terça-feira (24) que os testes para o Covid-19 serão feitos apenas nas pessoas que apresentem sintomas graves respiratórios e em escala hospitalar, e com solicitação médica.

— Antes a este protocolo federal, o teste era feito em pessoas que vinham de viagem internacional, pessoas que apresentavam sintomas ou que tinham tido contato com quem veio do exterior. Hoje as pessoas têm que apresentar sintomas graves respiratórios e em escala hospitalar — menciona.

Segundo ele, com a distribuição de testes rápidos em produção pelo Ministério da Saúde – cerca de 50 milhões de testes rápidos serão distribuídos no Brasil – o protocolo mudará novamente.

— Devemos ter, nos próximos dias, sem previsão de data, o envio, pelo Ministério da Saúde, dos chamados testes rápidos onde a resposta se dá em alguns minutos, aí sim passaremos a fazer testes em massa, mas por hora o protocolo é o citado anteriormente. Reforçamos a necessidade de isolamento domiciliar obrigatório conforme já vem acontecendo — reitera Petry.

ONDE PROCURAR AUXÍLIO

Em Taquara, quem apresentar sintomas leves, como resfriado e tosse, deve se dirigir à Unidade Básica de Saúde do seu bairro, tanto na zona urbana quanto rural do Município. Sintomas mais graves devem se dirigir à Unidade de Apoio, situada na Avenida Sebastião Amoretti, 1875, junto ao CAPS AD, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e, nos finais de semana e à noite, na UBS Darcy Ribeiro – Posto 24 horas.

Informações e esclarecimentos sobre o Covid-19, podem ser obtidos através do Disque Vigilância, que está atendendo, de segunda a segunda-feira, das 7h às 19h, no número (51) 99681-9737, bem como pelo (51) 3541-9304, que estará à disposição de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30.

CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE

Conforme divulgação feita, nesta terça-feira (24), o secretário municipal de Saúde, Vanderlei Vili Petry, informou que as Unidades Básicas de Saúde estão sendo reabastecidas.

— Recebemos do Estado mais 2 mil doses de vacina — ressalta.

Como reflexo da pandemia, as 3 mil doses da vacina, destinadas aos grupos prioritários da primeira fase da campanha que são idosos e profissionais da saúde, quase não foram suficientes a quem procurou os postos no primeiro dia. Foram mais de 2.900 doses aplicadas. Somente na Unidade Móvel, que estava na Rua Coberta, foram atendidas 730 pessoas.

Ao todo, Taquara já recebeu 5 mil doses, e segue vacinando os grupos prioritários. A Unidade Móvel que ontem estava na Rua Coberta estará nesta semana no interior taquarense. A vacinação nas casas lares está sendo agendada pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde, e, as pessoas que não tem condições de se deslocar até uma Unidade Básica de Saúde devem fazem o agendamento com a equipe da UBS mais próxima da sua casa.

Todos os postos de saúde de Taquara, tanto na zona urbana quanto no interior, atendem a Campanha de Vacinação da Gripe, de segunda a sexta-feira, sendo na cidade, das 8h às 12h e das 13h às 17h, e, no interior das 8h às 16h, sem fechar ao meio dia. O atendimento na UBS Piazito é das 8h às 17h, sem fechar ao meio dia. Idosos devem trazer documentação que comprove a idade e profissionais da Saúde, comprovação de atuação na área da saúde.