Notícias do Vale do Paranhana.

O Governo do Estado ampliará o número diário de testes RT-PCR de mil para mais três mil, ou seja, serão quatro mil testes por dia, segundo anúncio do governador Eduardo Leite, nesta quinta-feira (2).

Este teste molecular para diagnóstico do coronavírus é realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen/RS) e em universidades, como a Feevale, em Novo Hamburgo, e a Unisinos, em São Leopoldo. O teste identifica o vírus no período em que ele está ativo no organismo do indivíduo. A iniciativa é uma parceira com o programa Todos pela Saúde. Segundo Leite, haverá, ainda, aumento nos grupos de testagem.

Conforme a secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann, o projeto contará com laboratórios fora do Estado, pois o Lacen faz em torno de mil testes.

— Em uma primeira etapa, os grupos que serão testados, na implantação do projeto, são todos os trabalhadores e residentes em ILPIs ( Instituição de Longa Permanência para Idosos), sintomáticos ou não, a partir da primeira confirmação de Covid na instituição — explica Arita.

O segundo grupo, que será incluído na ampliação, segundo Arita, são todos os trabalhadores de saúde.

— É necessário ampliar, especialmente para os contatos daquele trabalhador que estiver sintomático, ou numa unidade, ou num andar, ou em algum serviço dentro da área do estabelecimento de saúde, seja ele hospitalar, a UPA, uma unidade básica e assim sucessivamente — diz ela.

Já o terceiro grupo compreende todas as pessoas com síndrome gripal, principalmente agora no inverno, que muitas pessoas estão nesse quadro. Numa segunda etapa para este grupo, de acordo com a secretária, se pretende ampliar, através de um aplicativo chamado Dados do Bem, para todos os contatantes.

— Então, identifica alguém que foi positivo e, a partir desse aplicativo, se rastreia os seus contatos, porque isso é a forma pra gente reduzir substancialmente a transmissão do vírus e, ao mesmo tempo, conter o crescimento da curva epidêmica — conclui a secretária.

A assessoria de imprensa da Secretaria Estadual da Saúde (SES) afirmou que as testagens começam agora em julho, no entanto, ainda não liberou calendário para início de cada grupo.

*Com informações do jornal NH