Notícias do Vale do Paranhana.

O homem acusado de ter espancado e mordido uma bebê de um ano e dois meses em Rosário do Sul, na região da fronteira oeste do Estado, foi encontrado morto na manhã do último domingo (4), no Presídio Regional de Bagé.

O corpo do rolantense Anderson Michael da Silva Born, de 26 anos, foi encontrado por outros apenados na quarta galeria da penitenciária, pendurado nas grades da cela em que estava preso. Agentes penitenciários foram avisados e acionaram o Samu, que constatou o óbito. Segundo informações da polícia, os indícios apontam que o apenado cometeu suicídio por enforcamento. O local foi isolado para a perícia.

Ele foi preso na zona sul de Rosário na tarde de 30 de julho, juntamente com a mulher dele de 22 anos, após denúncia anônima que informou sobre a violência cometida contra a criança, filha da companheira. A Brigada Militar compareceu ao local e encontrou a menina com sinais de mordidas pelo corpo. Ela foi socorrida e encaminhada para o Hospital de Caridade Nossa Senhora Auxiliadora (HCNSA), onde foi atendida e passou por vários exames.

Os dois foram recolhidos ao Presídio Estadual de Rosário do Sul (PERS), no entanto, na manhã de quarta-feira (1º), foi constatado que o homem havia sido agredido na cela em que estava, ficando com lesões no olho, orelha, nádega e coxa direita. Um registro por lesão foi feito e o mesmo acabou transferido.

A criança ficou à disposição do Conselho Tutelar e posteriormente foi encaminhada à Casa de Passagem. O casal é natural da cidade de Rolante.

*Com informações do portal Bagé 24 horas