Notícias do Vale do Paranhana.

A Prefeitura de Riozinho iniciou na última semana processo de licitação para construção de um novo pórtico na entrada da cidade. Os investimentos ainda contemplam um Centro de Apoio ao Turista, totalizando R$ 257,8 mil em recursos federais.

— Desde maio de 2011, quando o ônibus de uma banda derrubou o antigo pórtico, trabalhamos para ter um novo portal. Nossa ideia é de que, além do pórtico, possamos oferecer à comunidade e aos visitantes um espaço para informações e de acolhimento, fomentando as ações voltadas ao turismo — diz o prefeito Valério Esquinatti.

A obra será erguida na ERS-239, próximo à Escola Castro Alves. O projeto buscará fortalecer aspectos culturais do município, em especial o turismo ecológico. Com 25,19m² de área construída, o Centro terá uma mini cascata na fachada e espelho d’água. Haverá, também, área de estacionamento para visitantes. O prazo de execução da obra é de cinco meses a partir da autorização da Caixa Federal para a ordem de início.

Para a Prefeitura, será possível alavancar o turismo em Riozinho.

— Apoiamos todas as iniciativas do Grupo de Empreendedores em Turismo Rural. Entendemos que poucas áreas da economia oferecem tantas alternativas de emprego e renda à população. Com o pórtico e o Centro de Apoio, vamos auxiliar nesse processo para aqueles que desejarem empreender na área — define o prefeito.

POTENCIAL TURÍSTICO

A cada ano, Riozinho recebe mais de 10 mil turistas. O Turismo Rural está em alta na cidade, que tem entre suas atrações as muitas cascatas existentes no município, sendo as mais conhecidas a do Chuvisqueiro, Três Quedas, Paredão, Linha 7 e do Conduto.

— Existem diversos outros locais e atrações, e que são pouco conhecidos. Campings e pousadas oferecem uma série de trilhas para os visitantes, por exemplo. Encerrada a pandemia, queremos estar prontos para potencializar esse patrimônio natural que a cidade oferece — conclui o vice-prefeito Diogo Pretto.