Notícias do Vale do Paranhana.

O reajuste nas tarifas de 12 das 14 praças de pedágio no Estado, prorrogada para junho pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), devido ao coronavírus, poderá ser adiada novamente.

Segundo o secretário dos Transportes do Rio Grande do Sul, Juvir Costella, provavelmente o reajuste será adiado, mas ainda está sob análise do governo. A readequação nos valores estava, inicialmente, prevista para valer a partir de abril.

A nova tabela prevê a redução de 10% nas tarifas para veículos de passeio, que correspondem a 82% dos usuários das rodovias administradas pela EGR. A exceção são os pedágios de Campo Bom e Portão, onde a tarifa básica será mantida, pois já é mais baixa. No caso dos veículos de carga – que representam 18% –, haverá reajuste de 51,8% nos valores.

Costella disse, ainda, que uma definição do governo sobre o adiamento nos reajustes deve sair nos próximos dias.