Notícias do Vale do Paranhana.

O quarto e último criminoso identificado pela Polícia Civil como responsável pelo sequestro de uma jovem em Taquara foi preso nesta quinta-feira (15). Sidnei Batista da Silva, 32 anos, se apresentou na delegacia acompanhado de um advogado. O homem preferiu ficar em silêncio durante depoimento. Ele não tem antecedentes criminais.

Na noite de quarta-feira (14), Aislan Arnhold Maciel, 26 anos se apresentou na Delegacia de Taquara, com um advogado. Ele estava com prisão temporária decretada pela Justiça. O homem deve ser ouvido nesta sexta-feira (16) pelos investigadores.

A vítima de 23 anos foi resgatada por policiais da Delegacia de Roubos do Departamento Estadual de Investigação Criminal (Deic) e da Delegacia de Taquara no início da noite de terça-feira (13), após permanecer por 36 horas em cativeiro.

A jovem havia sido sequestrada e estava sendo mantida em um cativeiro na localidade de Santa Cruz da Concórdia. O sequestro teve início na manhã de segunda-feira (12). Quando os policiais chegaram ao local, houve confronto. Um criminoso foi morto. Ele foi identificado como José Sidneu Chaves, 39 anos.

Ismael Batista da Silva, 30 anos, foi o primeiro a ser preso, quando o sequestro ainda estava em andamento. Foi ele quem indicou aos policiais onde a jovem estava sendo mantida. A Delegacia de Roubos do Deic apura ainda a participação de outras pessoas no sequestro.

— Temos notícias da possibilidade do envolvimento de outros indivíduos, o que será melhor esclarecido nos próximos dias — disse o titular da 1ª Delegacia de Roubos do Deic, delegado João Paulo Abreu.

*Com informações de GaúchaZH