Notícias do Vale do Paranhana.

A Brigada Militar (BM) prendeu, na tarde desta terça-feira (25), o terceiro suspeito do atropelamento do 2° sargento João Batista dos Santos Rogério, na noite da última sexta-feira (21), em Taquara. Gustavo Machado de Moura, 25 anos, foi localizado e preso em São Francisco de Paula.

Segundo a Polícia Civil, Moura teve prisão preventiva decretada por tentativa de homicídio qualificado. Segundo informações da BM, ele possui antecedentes por ameaça, desacato, direção perigosa, furto e Lei Maria da Penha.

JUSTIÇA CONCEDEU HABEAS CORPUS A CASAL

Já na madrugada de sábado (22), a polícia começou as buscas pelo motorista. Segundo a BM, Marlon Richard dos Santos Schneider, 28 anos, e a namorada, Tainá Fabíola da Silva, 19 anos, foram encontrados escondidos embaixo de uma ponte na área rural de Taquara, continuação da rua Pinheiro Machado. Em seguida, o casal acabou preso.

Mas, segundo o Tribunal de Justiça, eles estavam de carona no veículo. Por isso, na noite desta segunda-feira (24), a Justiça atendeu ao pedido de habeas corpus e concedeu liberdade a ambos.

O acusado deve ser ouvido nos próximos dias pelo delegado Ivair Matos Santos, da DP de Taquara.

— A polícia tem dez dias para concluir o inquérito. O suspeito deve responder por tentativa de homicídio qualificada, uma vez que o policial exercia suas funções no momento do crime — informou Santos.

POLICIAL ESTÁ EM COMA INDUZIDO

João Batista dos Santos Rogério, 51 anos, que foi socorrido em estado grave, permanece internado no Hospital de Pronto Socorro (HPS) de Canoas, na UTI em coma induzido.

Conforme informações do 32º Batalhão de Polícia Militar, a previsão era de que Rogério já tivesse saído da sedação, mas não houve evolução. O HPS diz que seu estado de saúde é considerado estável.

Na segunda (24), foram retirados os medicamentos sedativos, mas após ele não reagir bem, o tratamento foi retomado. Os medicamentos continuarão sendo aplicados até quinta (27) ou sexta-feira (28), quando irão fazer uma nova tentativa de retirada.

Nesta terça (25), a informação é de que ele teria passado por uma nova tomografia para avaliar a gravidade da lesão cerebral.