Notícias do Vale do Paranhana.

A Polícia Civil de Igrejinha realizou na manhã desta quinta-feira (13) a apreensão de aproximadamente 25 toneladas de silagem de milho, mercadoria adquirida de forma fraudulenta por meio de cheques contendo assinatura falsa na cidade de Nova Santa Rita no começo do mês.

Na primeira busca, realizada em uma casa no bairro Solitária Alta, os policiais localizaram 595 sacas de 40kg de silagem, mercadoria que já estava exposta para venda (fotos abaixo). Em seguida, os policiais encontraram mais 38 sacos do produto, que estavam no pátio de uma segunda casa no bairro XV de Novembro.

O comprador do produto também foi localizado e conduzido à delegacia para esclarecimentos. Ele foi identificado pelas iniciais D.J.F.S., 34 anos, morador de Igrejinha. O acusado declarou que desconhecia o fato de que as cártulas de cheques entregues por ele à vítima possuíam assinatura falsa, tendo alegado que havia recebido o cheque em negociação de veículo que realizou em Parobé.

Diante do decurso de nove dias entre a negociação realizada e a apreensão da mercadoria, o suspeito de aplicar o golpe não foi preso em flagrante, devendo, por ora, responder em liberdade o inquérito que será promovido pela Delegacia de Polícia (DP) de Nova Santa Rita. A apreensão da mercadoria objeto da fraude foi formalizada na DP de Igrejinha para, em seguida, ser restituída para a vítima.