Notícias do Vale do Paranhana.

O centro de alta pressão, responsável pelas forte chuvas nesta terça-feira (7), avançou e deu origem a um novo ciclone no RS nesta quarta. Com isso, trouxe mais precipitação e ventania para o Estado.

A cidade de Três Coroas, assim como outras do Vale do Paranhana, já registra quase 100mm de chuva nas últimas 24 horas. Segundo dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), levando em consideração os últimos três dias, o acumulado pluviométrico já passa dos 130mm.

O volume de chuva significativo para o curto período é responsável pelo aumento repentino das águas do Rio Paranhana, principalmente de arroios que cruzam o perímetro urbano, causando transtornos a moradores de diversas partes da cidade.

De acordo com a Metsul, a chuva volumosa do ciclone bomba da última semana, somada a do último domingo e aos elevadíssimos volumes, fará com que diversos rios saiam do seu leito. Alguns transbordarão já nas próximas horas e outros terão cheia nos próximos dias. Os rios de resposta mais rápida à chuva na Serra que exigem muita atenção nas próximas horas são o Paranhana, o Caí (região de São Sebastião do Caí), o Antas e o Taquari no médio e alto Vale.

 

NÃO HOUVE QUEDA DE PONTE

De acordo com relatos de moradores da localidade, a informação que circula nas redes sociais e aplicativos de que a ponte de Sander (localizada no bairro de mesmo nome) teria caído é fake news.

BOMBEIROS EMITEM ALERTA

Em nota, o Corpo de Bombeiros de Três Coroas comunica que está atendendo diversas ocorrências devido a grande quantidade de chuva das últimas horas. O comunicado pede atenção redobrada aos que possuem suas moradias próximas de rios e arroios.

“Sugerimos que, em situação de risco, os eletrodomésticos sejam desligados e os móveis elevados. Se necessário, procure um local seguro para se abrigar até a estiagem. Ressaltamos: evitem exposições e mantenham-se em local seguro”, diz o alerta.

Em caso de emergência, deve-se ligar para o 193

ALOJAMENTO E DOAÇÕES PARA DESABRIGADOS 

A Escola Balduíno Robinson estará recebendo famílias desabrigadas devido as chuvas. Cobertores, cobertas, lençóis, travesseiros, toalhas de banho são os itens mais necessários. O endereço é rua Tristão Monteiro, 1015 – Linha 28.

IGREJINHA

A Defesa Civil de Igrejinha informou que o Rio Paranhana tem alguns pontos de saída do leito na Rua Rui Barbosa, Bairro Figueira, e na Vila Esgueio, no Bairro 15 de Novembro. O rio e segue subindo nesta madrugada.

ROLANTE

Em comunicado, os Bombeiros Voluntários de Rolante alertam que o Rio Areia saiu do leito no bairro Grassmann e o Rio Rolante está subindo.

A corporação solicita à população que se prepare para um cenário de enchente, já que há um grande volume de água para chegar ao centro da cidade e a previsão de chuva durante a noite se mantém.

Com as intervenções que foram feitas no Rio Areia, o mesmo está com volume abaixo do esperado, mas com o aumento do nível do Rio Rolante, pode haver represamento.

“A dinâmica dos rios mudaram. Estamos acompanhando os efeitos, que até o momento são muito positivos, mas, com isso, deixamos de conhecer suas alterações”, diz o comunicado.

O Rio Paranhana saiu de sua calha, atingindo as cidades de Igrejinha e pior cenário em Três Coroas.