Notícias do Vale do Paranhana.

Os municípios que integram região de Taquara (R06) do modelo de distanciamento social elaboraram um dossiê para ser entregue ao governo do Estado. Na sexta-feira, dia 4, no anúncio do mapa preliminar da nona rodada do distanciamento controlado do Estado, a região trocou da bandeira laranja para vermelha.

Na manhã deste sábado (7), na Prefeitura de Parobé, foi realizada uma reunião entre os prefeitos e secretários de Saúde de Cambará do Sul, Igrejinha, Parobé, Riozinho, Rolante, São Francisco de Paula, Taquara e Três Coroas. No encontro foi elaborado um dossiê, contendo uma série de documento com dados de ações e investimentos em saúde realizados pelas cidades. A intenção da região é demonstrar que os municípios estão aptos a estarem em um modelo mais brando de restrições.

Em Parobé, conforme o prefeito Diego Picucha, está sendo colocado em funcionamento uma ala de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) no Hospital São Francisco de Assis, com dez leitos totalmente equipados e preparados especificamente para atender casos graves de Covid-19.

— O sistema de saúde de nossa região está muito longe do que poderia ser considerado para a bandeira vermelha. Precisamos que o Estado refaça sua avaliação e leve em conta a real situação de nossa região. Necessitamos sim cuidar da saúde de nossa gente, como temos feito até agora, mas sempre tendo todo o cuidado necessário com o aspecto econômico que também é muito importante para manter nossa comunidade. Parobé e a região não podem parar — avalia.

Já o prefeito de Taquara, Tito Lívio Jaeger Filho, declarou ontem que a cidade teve um aumento nos casos de Covid-19, mas nenhum dos dez leitos UTI para coronavírus do Hospital Bom Jesus chegou a ser ocupado ainda.

— Estamos tentando uma agenda com o governador para avaliar a situação — disse Tito Filho.