Notícias do Vale do Paranhana.

Mais de 550 pessoas lotaram a Sociedade Cultural e Recreativa Parobé na noite da última quarta-feira (24). Na ocasião, o local recebeu a palestra “Mudança: todo mundo está em uma, você não?” Promovida pela CDL da cidade e ministrada pelo jornalista Luciano Potter, a atividade encerrou a programação de treinamentos da entidade em 2018.

— Estamos muito satisfeitos com o sucesso da palestra, pois o público atendeu ao nosso chamado e está buscando algo novo, buscando a mudança que estamos propondo — comemorou o presidente da CDL, Jones Vendruscolo, lembrando que na segunda-feira, dia 29, será realizado o lançamento de mais uma edição da campanha Não ande a pé, compre em Parobé.

Por sua vez, Potter iniciou sua fala comentando sobre dois acontecimentos que trouxeram grandes mudanças a sua vida: a chegada do filho e, ao mesmo tempo, a de um cachorro. Segundo ele, assim como no âmbito pessoal, o mercado de trabalho também apresenta significativas e, muitas vezes, repentinas transformações.

— Por isso é muito importante prestar atenção a sua volta, estudar mais, achar sua razão na vida e fazer ainda melhor aquilo que você já faz bem — aconselhou.

Utilizando o exemplo do Gif, o jornalista destacou uma forma simples de dizer muitas coisas, em poucos segundos e sem contar com som. Esse tipo de imagem animada virou sucesso nas redes sociais e, ao mesmo tempo, foi transformada numa ferramenta de comunicação por empresas e grandes veículos, como The New York Times.

Neste contexto, o jornalista relembrou algumas propagandas veiculadas no Brasil, num período em que o público aceitava informações indiscriminadas e as marcas não demonstravam preocupação com questões éticas ou morais.

— Cigarro causa câncer, mas uma propaganda associava o produto ao fato de levar vantagem em tudo. E o que aconteceria com a Disney hoje se tentasse vender sua tesoura mostrando uma criança egoísta dizendo “eu tenho, você não tem”? — questionou.

REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA

As evoluções nas áreas da música, dos games e da televisão também foram abordadas durante a palestra. Conforme Potter, enquanto a indústria dos jogos soube acompanhar as atualizações do mercado, as gravadoras perderam espaço para serviços de streaming.

— A TV mudou porque surgiu o Youtube e a própria Netflix já se reinventou apostando em produções próprias — ressaltou o jornalista.

Além disso, ele destacou a importância da humanização.

— O ser humano adora outro ser humano que faz sucesso, pois ele serve de exemplo — comentou.

Como exemplo, citou o aumento da audiência da NBA no Brasil a partir do momento em que os jogadores das ligas de basquete passaram a usar mais o Instagram.

— Não dá para dizer que a tecnologia não tem relação com o seu negócio, pois ela é uma ferramenta utilizada por todos — destacou.

E mesmo nesta era de fake news, o jornalista encorajou o público a pesquisar mais e a se manter informado sobre assuntos e fatos verdadeiros.

— Hoje, quem tem mais informação é visto como mais inteligente e é mais respeitado — ponderou.