Notícias do Vale do Paranhana.

Morreu nesta segunda-feira (27), aos 60 anos, o professor e maestro Newton Macedo. Após ser infectado pelo novo coronavírus, o músico estava internado há duas semanas na UTI do Hospital São Carlos, em Farroupilha. Depois de sofrer complicações cardíacas decorrentes do Covid-19, ele acabou falecendo no início da noite.

Além de lecionar música em escolas de Taquara, sendo professor no Centro Sinodal Dorothea Schäfke e regente da Banda Marcial da Escola Rosa Elsa Mertins, Macedo fez sua carreira em grupos de coral. Entre eles, o Grupo Vocal Contratempo — onde regeu apresentações realizadas pelo grupo de Taquara no Natal Luz (foto abaixo) —, o Coral do Instituto Adventista Cruzeiro do Sul (IACS) e o Coral da Azaleia. Atualmente, ele presidia a Associação Latino Americana de Canto Coral (Alacc).

(Foto: Camila Freitas/G1)

O diretor-geral de Cultura de Taquara, Paulo Wagner de Oliveira, lamentou a morte do maestro em suas redes sociais.

“Taquara ficou mais triste hoje com a morte do professor e maestro Newton Macedo, que era um dos mais conhecidos músicos e maestros da região. Fizemos vários eventos na Cultura de Taquara com a companhia do Newton. O que me deixa triste é um homem que reuniu milhares de pessoas para cantar a vida e a alegria não possa se despedir de seus amigos, devido à pandemia. Vá em paz, maestro, e leve um abraço solidário e fraterno dos artistas da região. Deus o receba com música e alegria”, escreveu.