Notícias do Vale do Paranhana.

Na semana passada, ocorreu o lançamento do livro ‘Parobé, Minha Cidade Tem Memória’, que conta a história do município. A obra literária foi desenvolvida pelas escritoras Lígia Mosmann, Eloísa Elena da Silva e Eduarda Guilhermano da Rocha, que representam três gerações do município. A obra, que teve sessão de autógrafos (foto) na última quarta-feira (11) nasceu graças a doações de patrocinadores da região.

O livro, que não era atualizado há 20 anos no município, conta a história de Parobé desde 1834, quando as terras ainda eram dos estancieiros, passando por fatos históricos, econômicos e políticos até chegar aos dias atuais. De acordo com um decreto municipal de 2019, a obra será incluída no currículo escolar do ensino fundamental da rede municipal de ensino, sendo considerada patrimônio Histórico Cultural de Parobé.

Para a prefeita interina Maria Eliane Nunes, o lançamento da obra que conta a história do município é um momento especial.

— São três diferentes gerações com o mesmo objetivo: fazer com que cada cidadão se identifique com o nosso município, sabendo do seu passado para construir um futuro melhor — reflete a líder do Executivo.

Para a coordenadora de Cultura Josélia Vianna, a obra irá fomentar o turismo.

— Esse livro é uma porta para o futuro e progresso de nossa cidade, porque contamos com o turismo como braço forte da cidade e nós precisamos aproveitar isso — avalia.

Na ocasião, houve a leitura da oração escrita por Leila Gil no livro, a apresentação do Coral da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos dias, vídeos de homenagens as escritoras e a Josélia Vianna, a entrega de uma homenagem ao ex-prefeito Irton Feller, por três edições do livro realizadas durante seus quatro mandatos.