Notícias do Vale do Paranhana.

Cerca de 60 adolescentes e jovens que participaram do curso Preparação para o Mercado de Trabalho, realizado em parceria com o Senac-Taquara, receberam seus certificados, durante a cerimônia de formatura, promovido na terça-feira, 16, no Centro Educacional Indio Brasileiro Cesar.

O curso, de quatro meses, encerra o primeiro módulo do projeto Transformando vidas, protagonizando o futuro: adolescentes e jovens construindo projetos de vida após o acolhimento institucional, idealizado pelo Lar Padilha e apoiado pelo Criança Esperança/Unesco.

O projeto engloba também a oficina Formação Cidadã, promovida na ONG Vida Breve e contempla cursos e oficinas que envolvem as temáticas: Agroecologia, que está sendo realizado junto ao lar e à chácara da entidade, na localidade de Padilha; Comércio e Serviços ministrado pelo Senac/Taquara e Novas Tecnologias e Comunicação. O projeto segue até dezembro deste ano, com possibilidade de renovação para mais um ano, conforme comenta o diretor do Lar Padilha, Fernandes Vieira dos Santos.

— Este projeto é uma inovação, fomos a primeira instituição do Vale do Paranhana a ser contemplada pelo Criança Esperança, assim, antes mesmo de termos iniciado as atividades já inscrevemos a sua renovação e estamos confiantes que podemos ganhar, pois estamos com as prestações de conta em dia. As exigências do Criança Esperança são muitas, tem um monitoramento muito efetivo, e isso é muito válido ao progresso das ações — destaca Santos.

O momento especial à entidade assistencial contou com a apresentação do grupo Aprendizes Hip Hop e Poesia, projeto promovido pela ONG Vida Breve, e, foi prestigiado pela presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Sirlei Silveira; pela diretora do Senac/Taquara, Andreza Custódio; pela professora do curso, Andréia Gabriela Arnold e pelo representante do Rotary Clube Taquara, Luiz Weber.

— Muitos dos nossos acolhidos, quando saem do lar não continuam os estudos, o projeto tenta estimular a terem mais condições e consigam caminhar com as suas próprias pernas para que não desistam de estudar. Buscamos motivá-los a lutarem pelos seus sonhos — afirma o diretor Fernandes.

O Lar Padilha é uma entidade assistencial, localizada no interior de Taquara e mantida pela Associação Beneficente Evangélica da Floresta Imperial (Abefi), que acolhe cerca de 70 crianças e adolescentes, em situação de vulnerabilidade e das mais diversas formas de violência e negligência familiar.

TRANSFORMANDO VIDAS

O projeto Transformando vidas, protagonizando o futuro: adolescentes e jovens construindo projetos de vida após o acolhimento institucional que tem o apoio do Criança Esperança objetiva oportunizar o aprendizado profissional, preparo pessoal para a inserção no mundo do trabalho e para a vida adulta, dando enfoque a três eixos específicos: Agroecologia, Novas Tecnologias e Comunicação e Comércio e Serviços.

A iniciativa prevê atender 40 adolescentes, entre 14 e 17 anos, em acolhimento institucional; 20 jovens, entre 18 e 29 anos, após o desacolhimento institucional e adolescentes em acolhimento ou em situação de vínculos familiares fragilizados e em atendimento em Cras e Creas da região do Vale do Paranhana.

Além do Senac, o projeto engloba diversas parcerias e buscará novas participações. Dentre os parceiros estão Senai, CIEE, Rotary Clube de Taquara, Lions Clube de Taquara, Faculdades Integradas de Taquara (Faccat), ONG Vida Breve e Fundação Luterana de Diaconia (FLD).