Notícias do Vale do Paranhana.

Empreendedores do Vale do Paranhana poderão contar em breve com a Incubadora Tecnológica de Igrejinha. A prefeitura acredita que a estrutura ficará pronta já para 2020. Inicialmente, o espaço receberá seis projetos que ainda serão selecionados.

O Projeto de Lei que autoriza o município a criar a incubadora e a conceder incentivos fiscais para empresas do setor já deu entrada. O município selecionará projetos de startups, que são micro e pequenas empresas com propostas de inovação tecnológica.

— O propósito da lei é, através da formação de uma incubação de empresas de tecnologia, oferecer um ambiente propício para a criação, desenvolvimento e compartilhamento de informações, bem como formação de parcerias — explica o vereador Dirceu Linden Jr (PSD).

Conforme o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Leandro Hoerlle, o este projeto pretende inserir Igrejinha no contexto da inovação tecnológica.

— O investimento inicial será de mais de R$ 40 mil para adequação de um espaço já existente. O projeto tem alto potencial de crescimento e já na primeira fase contemplará ao menos seis projetos, selecionados em parceria com a Faccat — detalha.

A proposta prevê a criação de um espaço físico (projeto abaixo) contendo o mobiliário básico necessário, equipamentos de uso coletivo, além de oferecer água, luz, internet e serviços especializados aos projetos selecionados.

De acordo com Dirceu Junior, a lei é de extrema importância para o município.

— O empreendedorismo tecnológico promovido pelas startups tem gerado capital intelectual, promovido desenvolvimento regional, renovado mercados e, em alguns casos, desafiado os modelos — complementa o parlamentar.

(Imagem: divulgação)