Notícias do Vale do Paranhana.

A Polícia Civil de Taquara está iniciando a autuação em flagrante de um acusado de assassinato em Igrejinha, no final da manhã desta terça-feira. O rapaz causou confusão ao furar um bloqueio da Brigada Militar e trocar tiros com a corporação, durante a fuga, em Taquara. Segundo as informações iniciais da Polícia, o acusado é ex-detento do sistema prisional. A vítima foi identificada como Jefferson Rodrigues, 29 anos. O assassinato foi na residência da vítima, na Rua Lindolfo Werner Reinheimer, 124, no bairro Cohab.

Após matar o rapaz a facadas, o acusado furtou um Fiat Marea, pegou sua própria ex-namorada e fugiu em direção a Taquara. Na ERS-115, o Fiat Marea foi interceptado pela Brigada Militar de Taquara, próximo a Associação dos Motoristas. A corporação taquarense foi informada do caso pela BM de Igrejinha. Contudo, o acusado furou o bloqueio da BM, que teve que trocar tiros com o Marea. O carro acabou contido e o acusado foi preso pela Brigada Militar.

Segundo a Polícia Civil de Taquara, o acusado segue em atendimento junto ao Hospital Bom Jesus. Já a mulher que estava no carro com o rapaz também sofreu ferimentos, porque quando o carro foi interceptado tentou se jogar para fora do veículo com ele em movimento. Contudo, os ferimentos foram leves e ela recebeu atendimento no hospital e já foi liberada.