Notícias do Vale do Paranhana.

Um homem de 49 anos foi vítima de racismo e agressão pelo chefe em uma fábrica de calçados em Taquara. O caso ocorreu no último sábado (11) dentro da empresa, localizada na Avenida Oscar Martins Rangel, no bairro Santa Maria.

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima relatou que estava trabalhando quando seu chefe teria a repreendido por conta de um erro constatado em um lote de solas de sapato. Mesmo justificando que não teve relação com o ocorrido, o homem relatou à polícia que, diante da negativa, o chefe passou a ofendê-lo com agressões verbais racistas: “por isso não gosto de negros. O negro erra e não admite. O negro é teimoso”.

Em seguida, o chefe teria pego uma forma de madeira usada na fabricação dos calçados e agredido o funcionário na cabeça. Com o golpe, a vítima caiu no chão e seguiu recebendo agressões. Colaboradores da empresa impediram a continuidade da violência, segurando o agressor.

O funcionário, que teve ferimentos na cabeça, no rosto e no pescoço, além de fratura no dedo indicador da mão esquerda, registrou o caso na delegacia de Taquara, que investiga o ocorrido.