Notícias do Vale do Paranhana.

A Secretaria da Administração Penitenciária (Seapen) e a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) atualizaram, neste sábado (3), a nota técnica nº 1/2020, que prorroga por mais 12 dias a suspensão de visitas presenciais nos estabelecimentos prisionais do Rio Grande do Sul. O novo prazo se esgota no dia 15 de outubro e, com isso, os encontros poderão ser retomados a partir do dia 16.

De acordo com as pastas, a retomada ocorrerá quando indicadores relacionados à pandemia de coronavírus apresentam melhoras consistentes, com redução das taxas de contaminação, internações e óbitos, e o boletim diário de monitoramento no sistema penitenciário sugere que os servidores, detentos e familiares não estejam expostos a riscos excessivos.

— O regresso das visitas somente será possível nesse momento, em razão do sucesso do nosso plano de contingência e do esforço coordenado de todos os operadores do sistema — ressaltou o superintendente da Susepe, Cesar da Veiga.

Já o secretário Cesar Faccioli, da Seapen, destaca que a transição para um estado de normalidade não dispensa a manutenção da vigilância permanente de todos os protocolos sanitários.

— Permanece fundamental para o sucesso dessa transição a compreensão e colaboração dos familiares para que continuemos avançando com segurança — afirma Faccioli.

As visitas presenciais no sistema prisional gaúcho foram suspensas em 23 de março como forma de prevenção à disseminação do coronavírus. Em 8 de abril, foi instituída a modalidade de visita virtual, como forma de reduzir o distanciamento entre os presos e seus familiares.

O modelo funciona em 101 casas prisionais do estado e deve permanecer em expansão mesmo após a retomada das visitas presenciais.

Segundo o governo do RS, até esta sexta (2), 766 detentos foram diagnosticados com a doença.

*Com informações de G1