Notícias do Vale do Paranhana.

Com o objetivo de aperfeiçoar as políticas públicas e cobrar mais eficiência nas questões ligadas a saúde do município, os vereadores de Parobé formalizaram na tarde de segunda-feira (26) a criação da Frente Parlamentar em Defesa da Transparência na Saúde.

O grupo idealizado pelo vereador Dari da Silva (PROS), realizará a fiscalização dos serviços de saúde oferecidos à população.

— Como vereadores nós temos o dever de fiscalizar. No meu ponto de vista os atendimentos nos postos de saúde e o setor da pediatria são as demandas mais urgentes — comenta.

As atividades da frente parlamentar foram divididas em etapas. Serão feitas visitas aos postos de saúde, para saber qual o tempo de espera para os atendimentos e se o número de profissionais realizando estes atendimentos estão de acordo com o que foi contratado pelo município. Com a divisão dos trabalhos, cada grupo inicia nesta semana a visita nas Unidades Básicas de Saúde e demais postos localizados em diferentes bairros.

Outro ponto que será avaliado pelo grupo de vereadores, é a transparência dos recursos geridos pelo Hospital São Francisco de Assis a partir de um modelo como o já utilizado no Poder Público.

Para o vereador Jair Bagestão (PT), por utilizar recursos públicos em sua gestão, a Casa de Saúde deve prestar informações claras à comunidade.

— Muitas emendas são direcionadas ao hospital, além dos repasses obrigatórios. Acredito que assim como o poder Legislativo e Executivo, deveria haver um portal da transparência para que a comunidade tivesse acesso a estes dados — salienta.

Também fazem parte da frente parlamentar os vereadores Alex Bora (PR), Maristela Toffoli (PT), Gilberto Gomes (PRB), Moacir Jagucheski (Cidadania), Elario Jahn (MDB), Antônio Carlos dos Santos (PDT) e Enio Terra (PTB).