Notícias do Vale do Paranhana.

A polêmica realização de uma etapa seletiva para o Freio de Ouro, organizada pelo Núcleo Encosta da Serra da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), em Rolante, em meio à pandemia do coronavírus, levou organizadores da atividade, prefeito e vereadores a se reunirem nesta quinta-feira (25), para esclarecer a realização do evento.

A competição foi confirmada pela prefeitura e ocorrerá de sexta-feira (26) até domingo, no Parque de Exposições Vitor Matheus Teixeira. Segundo o prefeito Régis Luiz Zimmer, a realização da atividade só foi autorizada em função do compromisso assumido pela organização com todas as normas de segurança e higienização do local, estabelecidas no último decreto de distanciamento controlado do Governo do Estado, além da atividade ter o respaldo Secretarias Estaduais da Agricultura, da Saúde e também do Ministério Público.

Cuidados

A atividade não será aberta ao público e seguirá dentro do protocolo sanitário e de distanciamento social, conforme presidente do Núcleo, Evaldo Francisco da Rosa e o presidente da ABCCC, Francisco Fleck. Durante os três dias não haverá mais do que 100 pessoas no local, e somente poderão acessar o parque os ginetes, alguns auxiliares e donos de animais, todos devidamente identificados.

Também haverá monitores controlando o cumprimento das medidas, além de uma equipe técnica, que foi montada e será coordenada pelo médico e diretor técnico da Santa Casa de Misericórdia, Ricardo Kroef. No momento do acesso ao local, todos os participantes passarão por testes. A fiscalização municipal também estará presente. A atividade será a 4ª etapa do processo seletivo e fazem parte de um cronograma estadual eliminatório para a Expointer.

No site da associação, onde a realização da etapa é comunicada, é destacado que a retomada das atividades, que até a terceira etapa aconteceram em Esteio, segue com cuidados de prevenção ao coronavírus:

“O retorno de algumas atividades de seleção da raça Crioula só foi possível graças a um intenso trabalho da ABCCC e da preocupação em formular um protocolo sanitário e de distanciamento social que garantisse uma retomada segura, normas que estão sendo rigorosamente seguidas nas seletivas e que também serão aplicadas, nos mesmos moldes, na prova de Rolante. Incluindo uma rotina de controle prévio de entrada (limitando somente àqueles diretamente envolvidos na seletiva), medição de temperatura diariamente, uso obrigatório de máscara, distanciamento entre as pessoas e espaços, atenção redobrada quanto à higienização e uma equipe de orientadores disponíveis para garantir o bom andamento das atividades e o cumprimento das normas”.

*Com informações do jornal NH