Notícias do Vale do Paranhana.

Preocupações com o bem-estar dos funcionários, acadêmicos e também com o meio ambiente fazem com que as Faculdades Integradas de Taquara (Faccat) busquem sempre soluções para o bem comum. Diversas ações e projetos são desenvolvidos e implantados no campus.

Em 2019, além do Ecoponto de recolhimento de óleo de cozinha, a Faccat firmou parceria, recentemente, com a Cooperativa de Reciclagem de Limpeza de Taquara (Cooreli). De acordo com o gerente de Obras e Manutenção da Faccat, Paulo Barros, foram instalados pelo campus 27 conjuntos de duas lixeiras (com indicações de lixo seco e lixo orgânico). Na Faccat, ainda existem dezenas de lixeiras seletivas para recolhimento de papel, plástico, vidro, metal, entre outros.

— Antes, o lixo seco produzido no campus da Faccat era recolhido na rua pela empresa Onze, que é a responsável pelo recolhimento do lixo no município. Agora, com a parceria com a Cooreli, a empresa vem à Faccat e recolhe o material seco e faz a destinação correta — explica Barros.

O lixo orgânico na Faccat é aproveitado no campus. Ele é tratado e destinado ao minhocário, compostagem e vira adubo para a jardinagem.

— São ações que fazem toda a diferença — frisa o gerente de Obras e Manutenção.