Notícias do Vale do Paranhana.

Na última quinta-feira(26), estudantes da Emef Noemy Fay dos Santos e da Emef Getúlio Dornelles Vargas, participaram (foto) da reunião da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final, na sede do Legislativo de Parobé.

Os estudantes contribuíram com projetos científicos: “Cyberbullying: o impacto negativo no comportamento dos adolescentes” e “Depressão na Adolescência” na Câmara de Vereadores através do convite do vereador Gilberto Gomes (Republicanos), autor do Projeto de Lei (PL) 072/2019, que prevê psicólogo e assistente social no quadro de servidores das escolas da rede municipal de ensino.

O Projeto de Lei vai ao encontro de outros projetos de pesquisa cientifica dos alunos das duas escolas. Os alunos incluíram junto ao PL pesquisas realizadas de situações identificadas na escola. Os alunos defendem a necessidade e a importância de ter um psicólogo junto às escolas, que, de acordo com eles, ajudaria a lidar com situações que, se não identificadas a tempo, podem levar à depressão.

— A presença de um psicólogo nas escolas pode contribuir com a educação em seus mais diversos níveis, tanto na prevenção e tratamento de questões envolvidas no processo de ensino-aprendizagem, quanto nas questões relacionadas à convivência e ao desenvolvimento no ambiente escolar — defende Gomes.

Pelo projeto, o profissional, devidamente habilitado, pode ter um caráter preventivo importante, possibilitando a identificação precoce de condições que podem trazer consequências para o desenvolvimento ao longo da vida do estudante. Entre elas Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), depressão, fobias, compulsão, ansiedade, violência doméstica, abuso sexual, bullying e tantos outros problemas que possam colocar em risco o bem-estar e segurança da comunidade escolar.