Notícias do Vale do Paranhana.

Selos, cédulas, moedas, gibis, brinquedos… A lista de itens raros é longa.

O 14° Encontro Nacional de Filatelia, Numismática e Colecionismo de Taquara, que teve início nesta sexta-feira (30) e segue até sábado (31) no ginásio do colégio Dorothea Schäfke, em Taquara, mostra que o hábito de colecionar exige investimento de tempo, dinheiro e, claro, muita paixão e dedicação.

O evento é para os nostálgicos uma busca por aquela peça mais rara, a nota estrangeira mais antiga, a edição histórica de uma revista ou livro, ou mesmo uma figurinha limitada. Nesta edição, além do já tradicional comércio de moedas, cédulas e coleções em geral, haverá exposições. Uma delas é a do Museu de História da Tecnologia Harald Alberto Bauer, que traz rádios e válvulas antigas.

O pesquisador Paulo Klein, de Igrejinha, esclarecerá e explicará a história dos primeiros imigrantes que chegaram em Taquara, com detalhes sobre famílias, motivações e incentivos que encontraram na região que hoje forma o Vale do Paranhana.

A grande atração desta sexta-feira, às 18h45, é a palestra do renomado pesquisador Hilton Lúcio, de São Paulo. Ele irá falar sobre Mansueto Bernardi, Italiano, que veio recém-nascido para o Brasil, foi secretário da Presidência do Estado e fundador e diretor da Revista do Globo, além de prefeito de São Leopoldo nomeado por Borges de Medeiros. Durante sua gestão, o italiano construiu a primeira estrada pavimentada do estado do RS, conhecida atualmente como Estrada Velha.

O evento é aberto ao público e a entrada é franca. Haverá uma ampla área de alimentação, erva e água quente para chimarrão e exposição de orquídeas, entre outros atrativos. O horário de visitação é das 8h às 17h.