Notícias do Vale do Paranhana.

Desde o início de maio, estudantes de Riozinho do 6º, 7º, 8º e 9º anos aprendem sobre empreendedorismo em sala de aula. O primeiro encontro contou, também, com a participação de alunos de Rolante.

– Este projeto está sendo introduzido com os alunos das séries finais da Escola Municipal de Ensino Fundamental Padre Manoel da Nóbrega. Na primeira aula eles interagiram e trabalharam em conjunto, onde estudaram sobre os fundamentos, princípios e valores do cooperativismo  explica a secretária Vânia Kirsch. 

A carga horária sobre o tema é de oito horas semanais e a iniciativa tem como objetivo estimular os estudantes a superarem obstáculos, a ter iniciativas e assumir desafios.  

 Empreender exige qualidade, planejamento e, principalmente, o estabelecimento de metas. Sabemos que a escola deve preparar o aluno para ser um cidadão consciente e autônomo. Assim, é também no ambiente escolar que deve começar a preparação para o empreendedorismo, para o mercado de trabalho e para as finanças pessoais – define Vânia.

Para o prefeito Valério José Esquinatti, as aulas representam um diferencial na preparação para o mercado de trabalho.  

 Quando adultos, os alunos que receberem noções de empreendedorismo terão mais condições de atingir o sucesso em suas carreiras, seja na iniciativa privada ou na vida pública. Diante disso, meu vice-prefeito Diogo Pretto e eu apoiamos essa iniciativa e pretendemos ampliá-la para outras séries do ensino municipal  conclui. 

O Projeto Empreendedorismo na Escola terá duração de todo ano letivo, encerrando somente em dezembro deste ano.