Notícias do Vale do Paranhana.

Nesta quinta-feira (1º), o deputado estadual Dalciso Oliveira (PSB) completou seis meses do trabalho como parlamentar na Assembleia Legislativa do RS.

Único representante do Vale do Paranhana, o político deixou claras suas pautas desde o início do mandato. Empresário e empreendedor oriundo das fábricas de calçados, Dalciso levantou a bandeira do setor coureiro-calçadista, segmento que já representou parcela significativa do PIB do Rio Grande do Sul.

Dalciso afirma que vem enfrentando o problema crescente do processo de desindustrialização que vem ocorrendo no estado.

— Há índices de desemprego sem controle e consequente falta de geração de renda causada, quase que na sua totalidade, pela falta de um programa adequado de desenvolvimento para o Rio Grande — frisa.

Titular da Comissão de Economia e Desenvolvimento Sustentável, o deputado preside a Subcomissão que debate os incentivos fiscais do Estado com todas as entidades representativas do setor e do poder público.

Dalciso também lançou a Frente Parlamentar em apoio ao setor coureiro-calçadista, buscando soluções para os graves problemas que o setor vem enfrentando nos últimos 20 anos. De acordo com ele, a preocupação é com o atual cenário da política de incentivos fiscais.

— Entendo que ela não é suficiente para manter a cadeia coureiro-calçadista em condições de igualdade comparada aos demais estados federados, que também produzem em considerável escala. É importante lembrar que o calçado é de expertise do povo gaúcho e está ameaçado — alerta.

O fomento à indústria do turismo também é pauta de Dalciso.

— Temos esta fonte limpa e moderna de geração de renda e emprego que precisa de uma atenção especial para contribuir melhor com o desenvolvimento do RS — afirma. Para aprofundar o debate foi lançada, em junho, a Frente parlamentar de fomento ao Turismo gaúcho.

Recentemente, o parlamentar protocolou o PL 338 2019, que institui a cidade de Igrejinha como a capital do Voluntariado, declarando, ainda, o voluntariado de Igrejinha como bem de relevante interesse cultural do Estado do Rio Grande do Sul. Igrejinha promove a Oktoberfest, tradicional evento que durante todas as suas edições reuniu mais de 4 milhões de pessoas.

— Esta festa é produzida por mais de 3 mil voluntários. Portanto, a cidade de Igrejinha tem propriedade para falar do seu voluntariado. Precisamos mostrar, não apenas para o Rio Grande do Sul, mas para todo o Brasil, a importância de associar o espírito do voluntariado e seu caráter social com as manifestações culturais tradicionais em sua cidade, no seu estado — explica Dalciso.

Ao avaliar este primeiro semestre o parlamentar destaca que o trabalho está só começando e que ainda há muito por fazer para ajudar o Estado a voltar a crescer. Dalciso adianta que, no próximo período, será lançada a Frente Parlamentar de apoio ao futebol profissional do interior, haverá mais audiências sobre o setor coureiro-calçadista e também atividades regionais referentes a frente de Fomento ao turismo.

Também está prevista a entrega do relatório da subcomissão que debate os incentivos fiscais e os encaminhamentos sobre o tema.

ENTREVISTA