Notícias do Vale do Paranhana.

A Francal é uma das principais feiras do mundo quando o assunto é calçados e acessórios. O evento, que pretende conectar a indústria brasileira ao varejo dos cinco continentes, acontece até quarta-feira (5), no Expo Center Norte, em São Paulo. Pelo 20º ano consecutivo, o Sebrae RS tem um espaço destinado para as empresas gaúchas: o Estande Coletivo Estação Moda Rio Grande do Sul.

O espaço oportuniza que a indústria gaúcha de calçados, bolsas e acessórios aumentem as vendas, gerem renda e divulguem os seus produtos para além das fronteiras do Estado. São 630m² para a realização de negócios, troca de experiências e muito networking.

— É um grande elo para a indústria gaúcha se conectar com o varejo nacional e internacional — comenta o gestor de projetos do Sebrae RS, Maico Fabiano Fernandes.

Em 2018, o estande vendeu cerca de R$ 8 milhões em produtos. Para este ano, a expectativa é de, no mínimo, R$ 5 milhões.

As 29 empresas participantes são escolhidas e capacitadas pelo Sebrae RS. Antes do evento, cada uma delas recebe, ao longo de um ano, consultoria individual. Nessa preparação, as empresas desenvolvem seus produtos e constroem sua marca, realizando, entre outras coisas, estratégias de branding. Entre as participantes, estão quatro empresas de Campo Bom, duas de Igrejinha, 13 de Novo Hamburgo, uma de Parobé, cinco de Sapiranga, duas de Taquara (Ana’s Calçados Ltda ME e também a empresa Pelli Brasil Ind. E Com. de Artef. de Couro Ltda) e uma de Três Coroas.

O Estande Coletivo Estação Moda Rio Grande do Sul é promovido pelo Sebrae RS em parceria com o Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha – ACI/NH/CB/EV. Saiba mais aqui.