Notícias do Vale do Paranhana.

Para auxiliar no desenvolvimento nutricional das crianças e jovens de Taquara, distantes das salas de aula em função da pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura de Taquara, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes (SMECE), do Conselho Municipal de Educação (CME) e do Conselho Municipal de Alimentação Escolar (CAE), está realizando uma série de ações, como a distribuição de kits de alimentos da merenda escolar e da Agricultura Familiar.

Já as carnes de gado e frango, alimentos mais difíceis de transportar, foram transformadas em arroz carreteiro e risoto e distribuídos aos alunos da rede municipal de ensino e suas famílias.

De acordo com Néris Cardoso Bissaco, coordenadora das merendeiras da rede municipal de ensino de Taquara, a ideia de fazer o carreteiro surgiu durante uma reunião com a nutricionista do município, Juliana Silveira Haag, e todos os responsáveis pela merenda escolar da SMECE, que notaram a dificuldade de fracionar a quantidade de carne que havia nas escolas e distribuir entre todos os educandários da rede municipal, além da necessidade de um veículo próprio, equipado com câmara frigorífica, para distribuir o alimento nos bairros e localidades do interior do município.

— Precisávamos encontrar uma forma de aproveitar essa quantidade de carne antes do final do seu prazo de validade. Então, tivemos a ideia de fazer o carreteiro e o risoto na própria escola e, depois de adquirimos marmitas de isopor, distribuir o alimento entre as famílias dos alunos inseridos no Programa Bolsa Família e também aquelas que, mesmo não fazendo parte de programas sociais, estivessem em situação de vulnerabilidade social — explicou Néris.

Para o prefeito Tito Livio Jaeger Filho, essa ação da Prefeitura vai muito além do que contribuir com a alimentação das famílias mais necessitadas do município, ela reforça também o vínculo do aluno com sua escola durante o período de afastamento decorrente da pandemia do Covid-19 e a importância de escolhas alimentares saudáveis.

— Mesmo distantes do seu círculo escolar, nossos alunos devem seguir se alimentando de acordo com o plano alimentar e nutricional elaborado pela Secretaria de Educação, suprindo as principais necessidades nutricionais que resultem na boa saúde e maior qualidade de vida. Além, é claro, de manter o vínculo com sua escola, se alimentando em casa com a mesma qualidade de alimentos elaborados por nossas merendeiras e serventes — explicou o prefeito de Taquara.

Enquanto acompanhava a entrega das marmitas de arroz carreteiro e kits alimentares na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Zeferino Vicente Neves Filho, na localidade de Pega Fogo, interior do município, Néris explicou que foram adquiridos cerca de duas mil marmitas de isopor para a distribuição do arroz carreteiro e do risoto, ação que já foi realizada em aproximadamente 30 escolas de Educação Infantil e Ensino Fundamental.