Notícias do Vale do Paranhana.

O Gramadozoo está tratando dois bugios-ruivos feridos: um filhote e um adulto. Os macacos foram resgatados e encaminhados ao zoo com autorização da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema). Com graves lesões, os animais receberam atendimento veterinário e medicação diária no hospital do parque. O adulto está apto a ser reinserido na natureza.

Conforme o veterinário responsável técnico do Gramadozoo, Renan Alves Stadler, o bugio filhote, que chegou ao zoo em 12 de outubro, tinha lesão na perna e nas mãos.

— Não sabemos exatamente o que ocasionou. Na perna, a área estava necrosando. Pode ter sido mordida de cachorro ou briga com outro macaco — diz.

O veterinário explica que o animal recebeu medicação e atenção especial.

— Durante 16 dias, realizamos a troca diária do curativo na perninha. Agora, ele está conseguindo realizar os movimentos das mãos e da perna. Em breve, estará totalmente recuperado — afirma.

Conforme Stadler, o destino do primata será decidido pela Sema.

— Nós o recebemos para o atendimento emergencial. Nosso trabalho de recuperação sempre busca a reintrodução, mas é pouco provável por se tratar de um filhote — afirma.

ADULTO

Já o bugio adulto, foi vítima de choque elétrico ao pular em árvores que estavam próximas da rede de energia. O animal foi resgatado por populares e trazido ao zoo pela Prefeitura de Gramado. Em situação grave, o macaco chegou ao parque em 24 de outubro e será reintroduzido na natureza nesta quinta-feira (5).

— O quadro dele era muito delicado. Ele passou vários dias sem comer. Tinha lesões na face, rabo e mão. Com medicação diária, conseguimos recuperar o animal, que está apto a ser solto. Todas as lesões cicatrizaram bem. Felizmente, ele reagiu bem ao tratamento. Cumprimos com nosso papel de zelar pelo bem-estar animal — salienta.