Notícias do Vale do Paranhana.

A Prefeitura de Taquara e a Secretaria Municipal de Saúde entregaram, na semana passada (29), uma nova Unidade de Atenção à Saúde à comunidade taquarense. Localizada na rua Santa Rosa, 3490, no bairro Santa Rosa, a Unidade atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h, com atendimentos diários de enfermagem, e, atendimento médico, nas terças e quarta-feiras.

Além desta unidade, recentemente, foram inaugurados postos de saúde no bairro Cruzeiro do Sul e no Distrito de Entrepelado.

— Além de ser um anseio antigo dos moradores do bairro Santa Rosa, esta ação vem ao encontro das medidas de higiene e segurança efetuadas pela municipalidade em relação à pandemia, a fim de diminuir aglomerações, principalmente no posto central da cidade (Posto 24 horas). O posto está provisoriamente num espaço alugado, mas a nossa intenção é adquirir um local próprio futuramente — ressalta o prefeito Tito Livio Jaeger Filho.

Tito observa que muitos projetos foram executados no bairro Santa Rosa, destacando os asfaltos da rua Professora Pascoalina Amoretti Faedrich e da rua Santa Rosa, a quadra esportiva da Escola Municipal de Educação Fundamental Rosa Elsa Mertins e a Escola Municipal de Educação Infantil Tia Paty destinada a atender mais de 200 crianças.

Morador há 42 anos do bairro Santa Rosa, o presidente da Associação de Moradores, José Vilmar da Silva Costa, demonstrou gratidão por mais este projeto destinado à localidade.

— É de extrema importância termos um posto de saúde aqui, gostei muito das instalações e da localização. Como presidente da associação recebo esta unidade de braços abertos — comemora Vilmar.

O secretário municipal de Saúde, Vanderlei Petry, também participou da abertura da nova unidade e afirma que a intenção da municipalidade é manter o posto funcionando mesmo após a pandemia.

— Neste primeiro momento, o projeto visa evitar que ocorram aglomerações no Posto de Saúde 24 horas, que até então recebia a comunidade deste bairro, mas afirmamos que sim, o posto permanecerá para a utilização da comunidade, mesmo após a pandemia, pois vemos como de extrema necessidade este serviço — reitera Petry.