Notícias do Vale do Paranhana.

Com a pelve óssea fraturada (ou popularmente chamada de bacia) desde que foi vítima de um acidente de trânsito no dia 9 de agosto, a industriária Teresinha Kunzler, 51 anos, não pode caminhar e convive com fortes dores. Ela está internada no Hospital de Rolante e aguarda transferência para o Hospital da Ulbra, em Canoas, para fazer uma cirurgia.

Há dez dias, ela foi atingida por uma moto enquanto se deslocava para o trabalho de bicicleta. Teresinha foi socorrida até a casa de saúde do município, que tem como referência em traumatologia a instituição de Canoas.

Segundo o coordenador da Enfermagem do hospital rolantense, Davison Ramos de Moraes, diariamente é feito contato com a central da Secretaria Estadual da Saúde (SES) para verificar quando a paciente será transferida.

— Ela não corre risco de vida, mas está acamada, numa situação desconfortável e com quadro de dor — comenta.

*Com informações do jornal NH