Notícias do Vale do Paranhana.

O Rio Grande do Sul registra uma espécie de apagão, com queda de energia em diversas regiões e cujas causas ainda não são conhecidas. Na maioria das cidades, o serviço foi interrompido por alguns minutos e voltou em seguida.

Tanto a CEEE como a RGE, duas principais concessionárias de energia, estão buscando esclarecimentos com o Operador Nacional do Sistema (ONS), que responde pelo funcionamento da estrutura de transmissão no Brasil.

A assessoria de imprensa do ONS informou que a causa pode ser um “corte de carga” e que está verificando a abrangência e as medidas para restabelecimento da energia. O órgão vai emitir em breve maiores informações.

“Até o momento só temos informação de que o corte de carga foi no RS. Ainda estamos verificando o que ocorreu”, disse a assessoria em nota à imprensa.

As áreas de comunicação da CEEE e da RGE também buscam esclarecer a situação. O impacto envolveu pelo menos três municípios do Paranhana (veja a lista abaixo). O Corpo de Bombeiros disse não ter registro de incêndios em fios ou estruturas ligadas ao serviço.

Por volta das 17h, a CEEE postou em seu Twitter que a “instabilidade no sistema elétrico (fora da área de atuação da CEEE) afetou a transmissão de energia em diversos pontos do RS às 15h42min de hoje (quarta). A CEEE-GT (que entrega energia às distribuidoras) está concluindo a recomposição das suas subestações e apurando a abrangência”.

(Reprodução/Twitter)

Em Taquara, sinaleiras deixaram de funcionar e muita gente ligada ao comercio foi para a rua para tentar se refrescar do abafamento do local de trabalho sem refrigeração. Na Região Metropolitana, a falta de luz afetou a operação do trem, que opera em velocidade reduzida. Na Capital, houve registro de fumaça em uma subestação da CEEE, na zona leste da cidade. A companhia de energia está verificando também o que ocorreu e onde foi, mas afasta relação com o apagão.

CIDADES SEM LUZ

Registraram falta de luz:

No Paranhana:
Taquara, Igrejinha, Parobé, Três Coroas, Rolante e Riozinho

No Estado:
Alvorada, Alegrete, Arroio do Meio, Butiá, Canoas, Camaquã, Cachoeirinha, Cruz Alta, Guaíba, Encruzilhada do Sul, Esteio, Ijuí, Lajeado, Gravataí, Panambi, Porto Alegre, Minas do Leão, Novo Hamburgo, São Sebastião do Caí, Sapiranga, Pelotas e Viamão