Notícias do Vale do Paranhana.

Começa a apresentar resultados em Parobé, o trabalho desenvolvido pela Prefeitura Municipal dando apoio ao produtor rural, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente realizando parcerias com a Empresa Brasileira de Pesquisa e Agropecuária (Embrapa) e a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) no sentido de proporcionar aos agricultores do município condições de produzirem mais e melhor, procurando meios técnologicos, através de cursos, palestras, acompanhamentos com técnicos e equipamentos agrícolas. “Com o uso de tecnologias racionais e organizadas, os agricultores de Parobé estão aumentando suas rendas, se capitalizando, e cada vez mais ocupando seu espaço na economia do município”, desta a prefeita Gilda Maria Kirsch.

Um bom exemplo, é o casal de produtores rurais, Jandir e Evanir Rothmund, que produzem uma variedade de horti-frutigranjeiro que são vendidos na cidade e no sistema de Compra Direta, programa da Prefeitura em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, no qual estão cadastradas 130 famílias de produtores rurais.

Este ano a grande novidade nas lavouras do casal são as plantações do moranguinho ecológico, são produzidos sem uso de agrotóxicos, com total de 03 mi pés plantados ele estima colher 15 mil quilos do produto, que estão sendo vendidos a R$ 6,00 o quilo. “Nos cursos aprendemos técnicas de plantação, como produzir melhor, escolha do local adequado e cuidados especiais, seguimos o que aprendemos e estamos colhendo os frutos”, lembra Rothmund.

As terras de Jurandir são em torno de 5,5 hectares, onde ele planta aipim, batata doce, cenoura, repolho, beterraba, alface, moranguinho. “Com apoio e incentivo que obtivemos da prefeitura, nós não paramos de plantar, quando colhemos um produto, já plantamos outro, assim sempre temos algo para vender”, diz Evanir.

Para o diretor de Agricultura Nilvo Maggione é de fundamental importância o acompanhamento que a administração municipal está dando para os produtores rurais. “Com esses incentivos, estamos vendo o desenvolvimento e o crescimento de nossos agricultores”, fala Maggione.