Notícias do Vale do Paranhana.

Tendo como proposta diminuir o número de casos de câncer de boca, o Conselho Regional de Odontologia do Rio Grande do Sul propôs uma campanha que evidenciasse a importância do cirurgião dentista como agente desencadeador da prevenção e diagnóstico precoce da doença durante o chamado Maio Vermelho. Segundo estimativa do Instituto Nacional do Câncer (INCA) há 15 mil novos casos no Brasil, sendo 1.100 apenas no Rio Grande do Sul

As melhores ações, incluindo uma atividade realizada pela Secretaria de Saúde de Taquara, foram exibidas na edição mais recente da revista da entidade.

De acordo com Fabiane Ames, cirurgiã dentista responsável técnica pela Odontologia da Secretaria de Saúde de Taquara, foi realizada uma força-tarefa nas unidades básicas de saúde (UBSs), com distribuição de folhetos, tendo o objetivo de informar a comunidade taquarense sobre as principais causas do câncer de boca, tipos de tratamento da doença e, principalmente, formas de evitá-la.

— Essas ações, que também serviram para aproximar nossas equipes de saúde bucal da comunidade taquarense, foram muito instrutivas. Por meio desta iniciativa, que acabou sendo exibida na revista do Conselho Regional de Odontologia do RS, conseguimos atingir um bom número de pessoas, orientando sobre a existência do câncer de boca e seus fatores de risco, sobre formas de identificar lesões na boca, visando a diminuir cada vez mais o número de mortalidade e casos de sequelas resultantes dessa doença — informou Fabiane.

A revista número 3-2019, ano 49, do Conselho Regional de Odontologia do Rio Grande do Sul está disponível em sua versão online neste link. A foto da ação realizada em Taquara pode ser conferida na página 27.