Notícias do Vale do Paranhana.

A duas semanas para o início do 47º Festival de Cinema de Gramado, a organização e a montagem do evento estão a pleno vapor. A cidade se prepara para receber um público de aproximadamente duas mil pessoas, entre elencos, equipes técnicas e turistas. O presidente da Gramadotur, Edson Néspolo, avalia o andamento da organização como um sucesso.

— Mesmo sendo um ano difícil e incerto, já temos garantida a captação do Festival. Superamos as adversidades e chegamos firmes aos 47 anos, com tudo organizado, e orçamento de cerca de R$ 4 milhões, similar ao do ano passado, incluindo recursos captados através das Leis Rouanet e LIC – Federal e Estadual – de incentivo à cultura, verbas diretas de patrocinadores e do aporte de recursos diretos da Gramadotur — salienta.

A diretora de eventos da Gramadotur, Iara Sartori, está empolgada com o andamento e afirma que este será um dos Festivais mais bonitos dos últimos anos. Segundo Diego Scariot, gerente de eventos da Gramadotur, em torno de 300 pessoas trabalham, direta e indiretamente, para que o Festival aconteça com a qualidade e o cuidado que o evento e o público merecem.

A paisagem da cidade serrana começou a mudar. A montagem da Rua Coberta já iniciou e o palco do cinema começará a ganhar forma no próximo domingo (4). O projeto cenográfico é da arquiteta Daniela Corso, da agência Nowhere, em parceria com a arquiteta Kelen Tomazelli, da Pop Studio. Kelen conta que já desde a edição passada a ideia é focar nos 50 anos do Festival, que se aproxima. Os escritórios são responsáveis pela ambientação da Rua Coberta, da fachada do Palácio dos Festivais e do palco de premiações do cinema.

A fachada contará com dois telões de led, que irão transmitir imagens do interior do cinema, vinhetas, chamadas e informações durante o dia e a noite, assim como os dois painéis de led indoor e os dezesseis monitores de 75 polegadas posicionados ao longo da Rua Coberta, novidades desta edição.

— Queremos, cada vez mais promover a integração do público com o que acontece dentro do cinema, que as pessoas cheguem na frente do Palácio dos Festivais e se apaixonem ainda mais por ele — comenta Kelen.

As novidades não param. A mostra de longas-metragens gaúchos passa a ser competitiva, indo ao encontro de um desejo antigo da categoria do Estado.

A vocação para receber bem, marca registrada de Gramado, é reforçada em mais uma edição do Receba uma Estrela, que chega ao terceiro ano. O projeto reúne os melhores hotéis e restaurantes da cidade, que gentil e gratuitamente se engajam para receber convidados especiais do Festival.

PROGRAMAÇÃO

Com acesso democrático, toda a programação diurna do Festival tem acesso gratuito conforme a disponibilidade As exibições e debates acontecem tanto no Palácio dos Festivais quanto no teatro Elisabeth Rosenfeld. Para conferir, acesse este site.

INGRESSOS*

Vale lembrar que os ingressos seguem à venda e estão disponíveis para o público em geral. De 16 a 23 de agosto custam R$ 70,00 e a noite de premiação, que será em 24 de agosto, custa R$ 200,00. Para comprar, acesse aqui.

*Possuem direito à meia entrada todos os brasileiros que se enquadram em um dos itens listados abaixo:

Estudantes
(Lei Federal n° 12.933/Decreto nº 8.537/Lei Estadual 12.570);

Jovens de baixa renda
(Lei Federal n° 12.933/Decreto nº 8.537);

Pessoas com 60 anos ou mais
(Lei Federal n° 10.741);

Pessoas com deficiência e acompanhante
(Lei Federal n° 12.933/Decreto nº 8.537);

Doadores de sangue de todo o Brasil
(Lei Estadual nº 14.132).