Notícias do Vale do Paranhana.

A Secretaria de Educação já se mobiliza para o ano letivo 2018. Na próxima semana inicia o processo de atualização dos dados cadastrais das crianças que se encontram em lista de espera da Educação Infantil.

Este processo será realizado de 13 a 17 de novembro, das 12h30 às 18h, na Secretaria de Educação, localizada na Rua Fernando Saft, nº 285. Para a atualização dos dados, os pais deverão levar uma cópia de comprovante de residência, caso haja alguma alteração de endereço. A atualização de dados é fundamental para que a criança continue na lista de espera da educação infantil municipal.

As crianças que irão frequentar a educação infantil em 2018, serão selecionadas no período de 20 a 24 de novembro e a seleção será feita de acordo com a ordem da Lista de Espera.

As rematrículas serão realizadas de 27 novembro a 1º de dezembro, das 6h30 às 18h30, na Escola onde a criança está matriculada. A rematrícula é referente à permanência dos alunos já matriculados na Escola, sendo indispensável o comparecimento para garantia da vaga. Não há a necessidade da apresentação de novos documentos, somente o comprovante de residência, caso haja alteração de endereço.

Já as matrículas serão realizadas no período de 4 a 14 de dezembro das 6h30 às 18h30.

Serão consideradas datas limites para novas matrículas o dia 31 de março:

– Berçário I- 4 meses a 11 meses
– Berçário II- 1 ano completo até 31 de março de 2018
– Maternal I- 2 anos completos até 31 de março de 2018
– Maternal II- 3 anos completos até 31 de março de 2018
– Pré I- 4 anos completos até 31 de março de 2018.

Os documentos necessários para matrícula são:

– Certidão de nascimento original e cópia
– Cópia da carteira de vacinação
– Cópia do comprovante de residência
– Cópia do cartão do Bolsa Família (para quem participa deste programa)
– Documento de encaminhamento da Secretaria de Educação, com a senha para liberação no sistema.

As matrículas e rematrículas serão efetuadas pelos pais ou responsáveis legais do aluno, na secretaria da escola.

ENSINO FUNDAMENTAL, EJA, REINTEGRAR E PROJETO META

As rematrículas serão realizadas no período de 20 a 24 de novembro, das 8h às 11h e das 13h30 às 16h30, e no dia 25 de novembro, das 8h às 11h. A rematrícula é referente à permanência dos alunos já matriculados na Escola, sendo indispensável o comparecimento do responsável para garantir a vaga. Não há a necessidade da apresentação de novos documentos, somente o comprovante de residência, caso haja alteração de endereço.

As matrículas novas serão realizadas no dia 25 de novembro, das 8h às 11h e no período de 27 de novembro a 1º de dezembro, das 8h às 11h e das 13h30 às 16h30.

Os documentos necessários para a matrícula são:

– Certidão de Nascimento ou RG do aluno (original e cópia)
– Cópia de um comprovante de residência atual
– Cópia do cartão do Bolsa Família (para quem participa)
– Atestado de matrícula para comprovar a série (para alunos do 2º ao 9º ano)

A Escola, mediante a apresentação dos documentos, deverá fornecer um atestado de vaga, para que o aluno traga sua transferência e histórico, após o término do ano letivo de 2017 e antes do início do ano letivo de 2018. As matrículas e rematrículas serão efetuadas pelos pais ou responsáveis legais do aluno, na secretaria da escola.

As rematrículas e matrículas para o EJA – Anos Iniciais e para EJA/Reintegrar, Anos Finais, deverão ser efetuadas no NEJAP (Núcleo Municipal de Educação de Jovens e Adultos), localizado na Avenida das Nações, 1212, bairro Guarujá. Sendo a idade mínima para EJA, anos iniciais, 15 anos e EJA/Reintegrar 23 anos.

As matrículas para as turmas do META, anos finais, (de 5º à 9 ano), deverão ser efetuadas na secretaria da própria escola, sempre observando se há a distorção idade-série ou no mínimo dois anos de reprovação no histórico escolar. As matrículas para o Projeto META poderão ser remanejadas para outra escola próxima, quando o número de inscrito for reduzido.

TRANSPORTE ESCOLAR

Visando à redução da demanda e, consequentemente, à redução da superlotação dos veículos de transporte escolar e ainda garantir o benefício para quem realmente necessita, bem como à adequação das despesas com esse serviço, a Prefeitura informa que para o ano de 2018 haverão novas regras.

No intuito de se adequar a legislação estadual, fica estabelecido o direito ao transporte escolar para os alunos residentes a uma distância mínima de dois quilômetros da escola ou distante dois quilômetros da residência do aluno até o local de embarque mais próximo. Para os alunos que atendem aos critérios estabelecidos, os pais deverão manifestar seu interesse no ato da matrícula/rematrícula e apresentar uma foto três por quatro, para confecção da carteira do transporte escolar do aluno.