Apresentação

Este blog é uma tentativa de traduzir o trabalho do pensamento em palavra escrita, com direito a falhas, equívocos e perdões.
Obrigado aos que tiveram o trabalho de dedicar sua atenção!

Perfil

Marcos Kayser é filósofo e empresário. Escreveu o livro O Paradoxo do Desejo, com prefácio de Márcia Tiburi, onde busca investigar a "mecânica do desejo nas relações de poder", e o livro Quando Tamanho não é documento, contando a história da gestão da TCA, empresa da qual é um dos fundadores e foi vencedora do Prêmio Nacional de Inovação. Idealizador do Scopi, software líder de mercado, que tem como objetivo ajudar as organizações a criarem a cultura do planejamento.

Conheça o Scopi
Obras do Autor
Buscar

Archive for abril, 2018

Meus 10 madamentos

  1. Conhecer: Aprender sobre mim mesmo e o outro. Desvendar os próprios mistérios, desejos e medos, sabendo que jamais conheceremos totalmente.
  2. Amar: Amar a mim, com todas as minhas falhas e amar quem merece o meu amor. (eros, philia e agapê).
  3. Cuidar: Cuidar do corpo, da alma, do dinheiro e das relações que tenho. Não ir além, nem ficar aquém. Respeitar os limites. Encontrar o justo meio.
  4. Sonhar: Almejar algo que para mim faz muito sentido, mesmo que seja difícil e esteja distante.
  5. Escolher: Fazer as escolhas com a consciência de que nem tudo que queremos podemos e devemos. Saber que em toda escolha ganhamos e perdemos.
  6. Acreditar: Confiar em mim e naquilo que depende de mim. Confiar em quem merece confiança. Confiar no tempo, o que significa ter paciência.
  7. Planejar: Pensar no contexto onde vivo, para então definir onde quero ir, quando e como. Planejar para ganhar o tempo que falta por causa da falta de planejamento.
  8. Produzir: Criar, investir e fazer algo que dê prazer e ajude o mundo ser melhor. Quem sabe, se tornar um artista, cuja obra de arte pode ser o próprio trabalho.
  9. Superar: Admitir os fracassos, tolerar as frustrações, vencer os medos e aceitar as perdas. Tudo flui e tudo tem seu contrário, assim, a dor tem seus dias contados.
  10. Gozar: Relaxar a ponto de ter tempo para ler um bom livro, filosofar, escutar boa música, caminhar, ver um bom filme, jogar, viajar, brincar e rir de si e da vida que leva.
Arquivos