Apresentação

Este blog é uma tentativa de traduzir o trabalho do pensamento em palavra escrita, com direito a falhas, equívocos e perdões.
Obrigado aos que tiveram o trabalho de dedicar sua atenção!

Perfil

Marcos Kayser é um dos sócios fundadores da TCA Informática que iniciou atividades em 1988. Idealizador do software Scopi. Bacharel, licenciado e mestre em Filosofia pela Unisinos. Tem curso de formação em gerenciamento de projetos. Presidiu a Câmara da Indústria, Comércio, Serviços e Agropecuária do Vale do Paranhana (CICS-VP). Preside o Comitê Regional do PGQP no Paranhana. Escreveu o livro O Paradoxo do Desejo, com prefácio de Márcia Tiburi, onde busca investigar a "mecânica do desejo nas relações de poder", e o livro Quando Tamanho não é documento, contando a história da gestão da TCA, vencedora do Prêmio Nacional de Inovação.

Obras do Autor
Buscar

Archive for outubro, 2008

O planejamento como requisito chave para o público e o privado

Conforme Vicente Falconi, renomado consultor na área de desenvolvimento gerencial, “uma nova geração de políticos, ajudada por empresários brasileiros, está descobrindo o planejamento estratégico e o método gerencial como instrumento indispensável para aumentar a produtividade sem deixar de incrementar a qualidade”.   Aumentar a produtividade significa fazer mais com menos recursos e isso se aplica também aos municípios que constantemente têm seus recursos reduzidos, seja porque no Brasil o governo concentra a maior parte da arrecadação, seja porque há momentos de crise, como esta que está se avolumando. É a falta, a carência e a dificuldade que justificam ainda mais a adoção de um planejamento estratégico com visão sistêmica, que integre metas, indicadores e projetos para todas as áreas. A produtividade dos governos é muito baixa, pois a falta de um planejamento adequado gera muito desperdício. Muitas vezes são concentrados esforços homéricos em determinada ação que acaba fracassando, porque não contemplou um ou outro requisito elementar. Previsibilidade que só o planejamento estratégico permite. Exemplo: muitos prefeitos vão em busca da atração de novas empresas para as suas cidades e até estruturam distritos industriais, só que não se dão conta que nas suas cidades falta mão-de-obra especializada. O planejamento permite sistematizar ações que preencham todas as lacunas. Seguindo este exemplo, o planejamento bem feito contemplaria projetos com foco na qualificação da mão-de-obra, além de outras condições mínimas para a atração de empresas e empreendimentos. Um planejamento não se resume em definir missão, visão e valores, é muito mais do que isso. É definir projetos que visam conquistar os objetivos estratégicos estabelecidos de forma abrangente e transparente e elencar indicadores que passaram a ser analisados sistematicamente para acompanhar o sucesso dos projetos. O Brasil e o RS têm tido experiências interessantes em alguns municípios. A prefeitura de Erechim está dentre estas experiências e aqui vai meu convite aos governos municipais atuais e futuros e aos legislativos para participarem da Reunião da Qualidade, promovida pelo Comitê do PGQP do Paranhana que ocorrerá no próximo dia 8, sábado pela manhã, na Ecoland em Igrejinha.   É uma oportunidade extraordinária para saber na prática como age uma prefeitura que trabalha na forma de projetos previamente discutidos, estudados e estruturados em seu planejamento estratégico. Ao em vez de gastarmos com viagens e diárias, por apenas R$ 30,00 (direito ao almoço) poderemos ter uma aula completa aqui em casa. Também o Hospital Municipal Santa Terezinha de Erechim apresentará o seu case, mostrando que é possível ter um hospital com serviços de qualidade e auto-sustentável o que deve atrair principalmente os hospitais e pessoal da saúde de nossa região. Maiores informação podem ser obtidas na CICS-VP fone 3542-6444 e as empresas independentemente do tamanho, sejam indústria, comércio e serviços, também estão convidadas pois terão a oportunidade de ouvir cases de sucesso da iniciativa privada.

Arquivos