Aproveite o melhor da internet com a TCA. Assine agora: 51 3541.9100

28Você não precisa cruzar o continente nem gastar as economias para estudar em Harvard. Essa e outras instituições renomadas oferecem conteúdo gratuito, em plataformas digitais de ensino. São os MOOCs, sigla para Massive Online Open Courses (cursos online abertos e massivos).

Esse tipo de formação ajuda a aprofundar conhecimentos e a desenvolver habilidades profissionais diversas. Há especializações que vão da programação de software à história da música eletrônica, da gestão de pequenas empresas à biotecnologia.

A mescla de videoaulas e exercícios de revisão obedece ao ritmo do estudante. O usuário pode completar as etapas a qualquer hora, aproveitando o intervalo do trabalho ou alguma brecha na agenda da semana.

Se preferir, o aluno também pode realizar uma prova e obter um certificado de conclusão do curso. Há taxas a serem pagas, nesse caso, mas os valores saem bem abaixo de uma matrícula numa universidade. Em resumo, é a tecnologia a serviço de uma educação democrática e de qualidade.

Sugestões de MOOCs para você experimentar

É claro que os MOOCs têm suas desvantagens. A experiência online não substitui a troca de informações com o professor e os colegas de uma sala de aula, o que pode desmotivar algumas pessoas. Os sites oferecem fóruns de discussão para esclarecer dúvidas, mas os participantes ativos nesses espaços são a minoria.

Tudo bem. Existem muitos motivos que levam à educação a distância. Nem sempre o indivíduo busca uma titulação acadêmica. Às vezes, basta conhecer mais sobre um tema do próprio interesse, sem compromisso com lista de presença ou entrega de trabalhos.

Considerando que o acesso está a um clique de distância, não custa experimentar – até porque ninguém paga multa se interromper o curso no meio do caminho. A seguir, conheça alguns dos principais nomes dessa área.

Coursera

É uma das plataformas mais conhecidas. Pudera: reúne aulas ministradas por profissionais de Stanford e Berklee, entre outras das mais bem-conceituadas universidades do mundo.

A maior parte do conteúdo do Coursera está em inglês, mas há versões traduzidas para quem ainda não domina o idioma. Entre as temáticas dos cursos, destacam-se estratégias de negociação, técnicas para falar em público, conceitos filosóficos, finanças e inteligência artificial.

Miríada X

O site reúne cursos de 95 instituições ibero-americanas. Os assuntos abrangem geopolítica, segurança digital, sustentabilidade, design thinking e muito mais.

As videoaulas são oferecidas em português e espanhol, conforme a disponibilidade. O catálogo contém cerca de 580 títulos para escolher. Ao todo, são mais de 12 mil horas de material. O Miríada X já superou a marca de 3 milhões de matrículas.

edX

O projeto é uma iniciativa conjunta de Harvard com o Massachusetts Institute of Technology (MIT). Empreendedorismo, Tecnologia da Informação e estudo de idiomas são algumas das disciplinas mais populares. Infelizmente, não há versão em português do edX, mas você pode aproveitar para treinar o reading e o listening.

Veduca

Qualificação profissional oferecida por brasileiros e para brasileiros. Esse é o objetivo do Veduca, plataforma tupiniquim que segue os mesmos moldes dos MOOCs gringos. A participação é gratuita, mas, se você passar na prova final, pode pagar uma taxa e conseguir um certificado.

As formações são voltadas ao mercado de trabalho. Gestão de projetos, inovação e liderança entram no rol.

Udacity

O diferencial do Udacity é o nanodegree, que qualifica o aluno para desempenhar as habilidades mais requisitadas na indústria da tecnologia. Profissionais do Vale do Silício não só desenvolvem os programas de ensino, como avaliam o desempenho das turmas.

Os projetos funcionam em parceria com grandes organizações, como Google, IBM e Microsoft. Há desde introdução à programação até especializações mais avançadas, como engenharia para carros autônomos.

Como concluir um curso online com sucesso

A desistência dos participantes de MOOCs costuma ser alta. Isso acontece porque o usuário pode se inscrever no impulso, mas perder o pique para acompanhar as aulas. Portanto, se você quiser experimentar essa modalidade, procure um curso que realmente seja do seu interesse.

Aproveite, também, para reservar um espaço fixo da agenda aos estudos. É bem verdade que dá para assistir às videoaulas até mesmo de madrugada, no tablet, momentos antes de dormir. Contudo, explicações mais complexas exigem concentração. Para isso, nada melhor que um ambiente tranquilo, organizado e com material de apoio para anotações.

Ainda, para o conteúdo não travar na metade ou, simplesmente, não carregar, certifique-se de que a sua conexão de banda larga seja estável e rápida o suficiente para streaming de vídeos. Para isso, conte com os Planos de Fibra Ótica da TCA e aproveite o melhor da internet. Com acesso instantâneo aos MOOCs, você perceberá que não há limites para o conhecimento.

Já participou de alguma aula a distância? Deixe um comentário e conte-nos como foi a experiência!